quarta-feira, 10 de julho de 2013

Triumph Spitfire MKII



  Lançado em 1967 no London Motor Show, o Spitfire era baseado no chassi do Herald, com quem compartilhava também o motor. O Spitfire foi concebido pare ser um conversível com vocações esportivas desde o início ganhando assim reforços estruturais para garantir maior rigidez estrutural, a capota de lona tinha acionamento manual e o fabricante disponibilizava uma capota rígida como acessório, afim de ser não limitar o carro às condições climáticas.
  A segunda geração do Spitifire denominada Mark II (MK II), contava com um incremento de potência, basicamente a mudança consistia na troca do comando de válvulas e aquecimento no coletor de admissão que passava a ter dutos tubulares, assim elevando a  potência de 63 cv a 5.750 rpm para 67 cv a 6.000 rpm no motor de apenas 1.147 cm³ de deslocamento, mas isso não era problema o seu peso era extremamente baixo como na grande parte dos esportivos britânicos da época, apenas 711 Kg.
  O Spitfire não é um carro fácil de modificar, mas no exemplo acima, apenas rodas com desenho simples e faróis de lentes amarelas fazem parte das mudanças, na parte mecânica uma preparação aspirada elevando a cilindrada, polimento de dutos, carburadores menos restritivos, um escapamento dimensionada estaria de bom tamanho, afinal o Spitfire hoje é um daqueles carros para quem quer apenas curtir a vida a céu aberto despreocupadamente a bordo de um clássico....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários ofensivos ou que não tenham relação com o assunto do blog não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...