quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Porsche 968


  No final de 1991 surgia o Porsche 968, seu estilo era inspirado no já consagrado 911, o capô e os para-lamas remetiam ao clássico modelo, os faróis redondos mesmo que expostos eram escamoteaveis ficando na posição vertical quando acesos. O motor de arrefecimento liquido e instalado na dianteira faziam os mais puristas se arrepiarem e negarem o 968 como um Porsche legitimo, o propulsor era um 4 cilindros em linha instalado longitudinalmente e contava com o sistema de comando de válvulas variável VarioCam, injeção eletrônica sequencial e taxa de compressão de 11:1 no motor de 3,0 litro de capacidade cúbica que rendia 236 cv de potência e 31 kgfm de torque máximo chegava da imobilidade aos 100 km/h em apenas 6 segundos e chegava a velocidade máxima de 250 km/h , era o motor com 4 cilindros em linha de aspiração natural mais potente de sua época.
  Em 1993 surgia a versão Turbo S, era basicamente o mesmo motor aspirado com um turbocompressor que elevava sua potência aos 305 cv e o torque subia para incríveis 51 kgfm, essa versão acelerava de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos e podia chegar a velocidade de 285 km/h, nada mal para um motor de 4 cilindros, o 968 Turbo S foi fabricado de forma limitada, totalizando apenas 15 unidades e é reconhecida por poucos entusiastas, seu comportamento suave e seu maior conforto faziam uma opção interessante ao arisco 911, mas não obteve sucesso, mas em 1998 o 911 passou a usar motor de refrigeração liquida, nos anos 2000 foi lançado o Cayenne um SUV de motor dianteiro e de grande sucesso, talvez o tempo mude e os puristas passam a aceitar novas realidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários ofensivos ou que não tenham relação com o assunto do blog não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...