quarta-feira, 23 de abril de 2014

Nissan Frontier/Navara


  A terceira geração da Nissan Frontier, também conhecida como Navara e D40, foi lançada em 2004, portanto há 10 anos ela mantém basicamente o mesmo visual, claro com pequenas mudanças durante esse tempo. No Brasil as vendas dessa série se iniciaram em 2008, sua montagem é feita na planta da Renault em São José dos Pinhais na região metropolitana de Curitiba. 
  De 2008 a 2011 o motor 2,5 litro turbodiesel desenvolvia 172 cv as 4000 rpm  um torque máximo de 41,1 kgf.m as 2000 rpm, com o cambio automático a aceleração de 0 a 100 km/h era cumprida em 13 segundos e sua velocidade máxima era de 165 km/h. Junto a um facelift em 2011, o motor ganhou mais folego, passando a contar com 190 cv de potência máxima a 3600 rpm e o torque passava a 45,8 kgf.m as mesmas 2000 rpm, mantendo o padrão do cambio automático, a aceleração de 0 a 100 km/h caiu 2 segundos, sendo cumprida agora em 11 segundos e a velocidade máxima passou a ser de 170 km/h, claro aqui foi citada a potência das versões de tração integral, nas 4x2 a potência é de 163 cv na versão mais atual e o torque fica nos 41,1 kgf.m como nas 4x4 mais antigas.
Suzuki Equator. http://www.autoblog.com/
  Um fato curioso é que em alguns mercados a Frontier é vendida sob licença pela Suzuki e leva o nome de Equator, no Brasil o nome escolhido foi o Frontier, pois Navara poderia gerar brincadeiras com o nome e até mesmo um fracasso nas vendas, no ano de 2011, no lançamento do motor de 190 cv, a propaganda dos "pôneis malditos" foi sucesso absoluto, bom a música grudava na cabeça e contava com uma versão estendida para internet, hoje a Frontier ficou defasada em relação a concorrência, mas mesmo assim continua cumprindo seu papel de picape com louvor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários ofensivos ou que não tenham relação com o assunto do blog não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...