quarta-feira, 9 de julho de 2014

Chrysler Crossfire


  No ano de 1997, ocorreu a fusão entre a Daimler-Benz AG e Chrysler, a empresa alemã comprou 92% do capital da montadora americana e os 8% restantes ficou como parte independente da Chrysler, esta fusão durou até o ano de 2008, quando a Chrysler foi vendida para um grupo americano, mas em meio a essa conturbada fusão saíram frutos como a Mercedes-Benz/Freightliner Sprinter, e o uso de base da montadora alemã como o Grand Cherokee que se baseava no Classe ML e o Crossfire que utilizava a base mecânica da primeira geração do SLK, a R170.
Mercedes-Bens SLK R170, com o qual o Crossfire compartilhava a plataforma e motorização da versão 320. http://upload.wikimedia.org/
  A carroceria do Crossfire era produzida pela Karmann na Alemanha e montado pela Mercedes, já que 80% de seus componentes vinham do SLK 320, o interior tem desenho próprio mas lembra muito o carro alemão, assim como a distância entre-eixos com seus 2,4 metros denunciam o DNA desse Chrysler. O motor de 6 cilindros em V e 3,2 litros de deslocamento interno, gerava a potência de 215 cv e podia vir com transmissão manual de 6 velocidades ou automática de 5, o torque era de 31,6 kgf.m, cumprindo o 0 a 100km/h em 6.4 segundos, a velocidade máxima era limitada a 250 km/h . Havia ainda a versão SRT-6 do Crossfire, com o motor AMG de 3,2 litro equipado com supercharger, a potência subia para 330 cv, o torque seguia a mesma tendencia e chegava aos 42,8 kgf.m, a aceleração da imobilidade aos 100 km/h era feita em 4.8 segundos, a velocidade máxima era limitada aos mesmos 250 km/h da versão comum. O Crossfire não teve um bom desempenho de vendas e como definir um Chrysler com motor Mercedes-Benz, ou um Mercedes-Benz com carroceria Chrysler, a segunda opção parece ser mais sensata, e o SLK tem um desenho mais interessante, mesmo o Crossfire estar longe de ser um carro feio, mas classe é algo que não pode ser comprado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários ofensivos ou que não tenham relação com o assunto do blog não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...