sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Fórmula Truck 20 anos, Iveco Stralis.


  Em setembro de 1987, o caminhoneiro Aurélio Batista Félix e o jornalista português Francisco Santos, organizaram o I Copa Brasil de Caminhões no Autódromo Internacional de Cascavel no Paraná, na ocasião 35 pilotos participaram da prova que serviu como teste de segurança para esse tipo de competição. Um acidente fatal colocou a categoria em jogo.
Copa Brasil de Caminhões, 1987.
  Autódromo de Interlagos 1994, a preocupação com a segurança era evidente durante a apresentação da volta da categoria, em um evento marcado pela presença de caminhoneiros e empresários do setor de transportes. No ano seguinte, surgia a Fórmula Truck com um calendário de quatro provas realizadas em Cascavel e Londrina no Paraná, Tarumã - RS e Goiânia - GO, na capital goianiense, o público ultrapassou a marca de 120 mil expectadores.

  Após esse início tímido, a Fórmula Truck passou a ser reconhecida pela CBA ( Confederação Brasileira de Automobilismo) já em 1996, com regulamento definido e homologado, a categoria obteve sucesso absoluto e em 2015, a categoria completou duas décadas de existência. Para ilustrar esse sucesso, o escolhido foi o Iveco Stralis, da Scuderia Iveco que consagrou em 2013 o piloto pernambucano Beto Monteiro o campeão do campeonato brasileiro e sul-americano, tendo como vice o piloto Leandro Totti, caminhão Volkswagen que aparece ao fundo na ilustração.
Os primórdios da categoria.
  Na versão de estrada, o Iveco Stralis conta com motor FPT Cursor de até 480 cv de potência e torque de até 430 kgf.m na versão equipada com o motor de maior potência, sua capacidade de tração é de até 80 toneladas. De série o Stralis traz cabine com amortecimento pneumático de 4 pontos independentes, regulagem pneumática de altura e profundidade do volante multifunções, ar-condicionado de série nos veículos a partir de 360 cv, porta objetos, luzes para leitura, iluminação de segurança automática, e como destaque, tacógrafo digital para até três motoristas. O Stralis pode não ser o caminhão mais moderno do mercado ou da Iveco, mas tem sido muito bem aceito por empresas e motoristas autônomos, isso demonstra uma boa capacidade operacional.
Stralis versão convencional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários ofensivos ou que não tenham relação com o assunto do blog não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...